SEM TRANSPORTE ESCOLAR PAIS SE ARRISCAM EM LEVAR SEUS FILHOS PARA A ESCOLA POR MEIOS SEM NENHUMA SEGURANÇA

No total são 29 alunos que estão sem transporte escolar

Escola Estadual de Novo Horizonte

Vários alunos da Zona Rural de Ecoporanga, Córrego do Barbosa, Córrego do Peixe Branco e Pratinha, estão desde o início do ano letivo sem transporte escolar, o caso já foi levado ao ministério público, mas até o momento nada foi solucionado.

Entenda o caso

A escola que os alunos frequentam é estadual e fica localizado no distrito de Novo Horizonte, MG, ao todo são 29 alunos, que residem nos povoados que pertencem ao município de Ecoporanga. Essa divisão de estados pode ser o principal motivo do porque a linha não está ativa até o momento. No ano de 2018 a prefeitura de Ataléia, MG, ficou responsável pela licitação da linha, em 2019 não aconteceu a licitação até o momento, e isso vem prejudicando os estudos dos alunos. Mesmo sem o transporte os pais dos alunos estão providenciando meios para que seus filhos não fiquem sem frequentar a escola, meios sem nenhuma segurança e colocando em arrisco a vida das crianças com transportes irregulares, como vemos nas imagem três crianças e um adulto em apenas uma motocicleta.

Veja o depoimento escrito pelos pais dos alunos indignado com a situação.

“Mais uma vez nós pais de alunos que até hoje não temos transporte escolar, voltamos a bater na mesma tecla. Até quando?”.

“É triste ver uma situação dessa, pais se arriscando e colocando em risco a vida e a segurança dos bens mais precioso que temos, nosso filhos. A gente já não sabe mais o que é certo e o que é errado. Você como pai ver o seu filho perdendo o ano letivo, você quer tomar providências ou decisões, recorrer as autoridades maiores como no nosso caso. A prefeitura de Ataléia quanto a prefeitura de Ecoporanga e Superintendência de Teófilo Otoni, todos tem conhecimento do caso e nada foi feito até hoje. E ai temos que recorrer a quem? Cadê o concelho tutelar? Porque se o transporte estivesse puxando e os nossos filhos não estivesse indo a aula eles já tinham arrancado uma tira de couro nas nossas costas. Até onde podemos contar com vocês? A gente fica triste e desesperados com tudo isso. Em um país como o nosso que quando eles sobem la no palanque e fazem aqueles discursos bonitos”.

“Aproveitando a oportunidade, não temos estrada para o transporte está transitando. O escolar que leva os alunos para a escola no Barbosa sai do início da linha às 5 horas da manhã e chega na escola às 8 horas, na volta para casa é a mesma tristeza, os alunos chegam super cansados após 3 horas de viajem, lamentável tudo isso por causa das estradas. O assunto já é do conhecimento do Poder Público”.

Um baixo assinado foi feito pelas país dos alunos pedido providências para essa demanda.