CASO DE DENGUE HEMORRÁGICA É CONFIRMADO EM ECOPORANGA

A Jovem de 21 anos foi encaminhada para o hospital de Barra de São Francisco, com quadro de plaquetas muito baixo.

A situação está cada vez mais preocupante em relação a dengue em Ecoporanga, pelos números, 80% dos focos do mosquito estão dentro dos quintais segundo a Secretaria de Saúde, e no entanto as pessoas não se deram conta do seu importante papel no combate ao mosquito transmissor da dengue, zona e chikungunya.

O Hospital Fumatre de Ecoporanga vem recebendo todos os dias pacientes com notificações, sintomas de dengue, há um grande número de pessoas internadas, levando em consideração esse período do ano que é mais crítico.

Foi confirmado em Ecoporanga um caso de dengue hemorrágica, a jovem Aline Manoela de 21 anos, moradora do bairro Nossa Senhora Aparecida, estava internada no hospital de Ecoporanga, seu estado clínico se agravou e foi encaminhada para o hospital de Barra de São Francisco. A direção do hospital relatou que, Aline deu entrada com as plaquetas muito baixa (2.000), foi levada para a UTI. Aline teve sangramento pela boca, segue internada, e nesta sexta-sexta-feira suas plaquetas havia subido para 36.000, que ainda é baixa, mas para quem estava com 2.000, seu quadro clínico é de evolução.

Se olhar a tabela de todos os municípios do estado com incidência média nas últimas semanas, Ecoporanga está em terceiro lugar.

07_Saúde divulga 7º boletim epidemiológico da dengue-1

O QUE É DENGUE HEMORRÁGICA?

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos sintomas de dengue clássica. A diferença é que a febre diminui ou cessa após o terceiro ou quarto dia da doença e surgem hemorragias em função do sangramento de pequenos vasos na pele e nos órgãos internos…Sangramento pelo nariz, boca e gengivas. Nesse período de calor, onde são registrados chuva quase todos os dias, ficam mais propícios os locais que servem como criadouro do mosquito, exigindo de cada cidadão uma atenção especial na limpeza de seu quintal.