POLÍCIA MILITAR DE ECOPORANGA APREENDE ARMA DE USO RESTRITO

A Polícia Militar de Ecoporanga apreendeu na manhã desta quarta-feira, dia 04/10/20017, uma Pistola calibre .40, de uso restrito das Forças Policiais, com um cidadão de nome João Paulo de Souza Fonseca, conhecido por “JP” ou “Menor do Vale”.

Os policiais faziam patrulhamento pelo bairro Vale Encantado, pois o bairro vem sendo alvo de uma disputa pelo tráfico de Drogas, quando na Rua José Dutra, os militares depararam dois homens, que foram reconhecidos sendo como J.B.S.F e João Paulo, vulgo “JP”, ambos são constantemente denunciados pelo envolvimento com tráfico e acusados de portar armas ostensivamente no bairro. Ao perceber a aproximação da polícia militar, João Paulo saiu correndo adentrando em uma residência de um morador, os policiais cercaram a casa e deteve João Paulo, que na fuga jogou uma pistola da marca Taurus numeração raspada, alimentada e carregada.

“JP” assumiu ser dono da arma e disse para a polícia que tem um desentendimento com o grupo da Rua do Inferno no bairro Vila Nova, e que um dos meninos disse que iria matá-lo, por isso ele se antecipou e no sábado, dia 30/09/20117, deu vários tiros no menor E.V., acertando-o, nas proximidades da festa da Escola do Bairro Vila Nova, E.V. foi socorrido e levado para o Hospital em Barra de São Francisco, para ser operado.

Na manhã de hoje, João Paulo “JP” foi detido e encaminhado à Delegacia de Ecoporanga, onde foi autuado e posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção de São Domingos do Norte. A arma apreendida foi uma pistola Taurus, modelo 840, calibre .40, com numeração raspada, em perfeitas condições de funcionamento, com 18 munições cal .40 intactas, e um carregador para pistola, que se encontram à disposição da justiça. A polícia militar pede à população que continue denunciando, pois somente com a ajuda da comunidade que poderemos ter paz na nossa pacata cidade. As denúncias podem ser feitas via 190 ou 181, não precisa se identificar, a Polícia informa ainda que continuará intensificando o policiamento na região.

COMPARTILHAR