COPA RURAL: ECOPORANGA PERDE EM CASA PARA O MONTANHA E SE COMPLICA NO CAMPEONATO

Com a derrota a equipe de Ecoporanga tem que vencer o próximo jogo, em Montanha, pelo menos de 3 gols de diferença.

Na tarde deste sábado, 21, valendo pela segunda fase do campeonato rural de futebol amador do Espírito Santo, jogando em Ecoporanga, no estádio “Guerino Dal’Col”, a equipe de Ecoporanga recebeu a equipe do Montanha, as duas equipes no primeiro tempo pouco criaram chances para abrir o placar, o Montanha aproveitou as falhas do adversário e não desperdiçou e fez 2 a 0, aos 32 minutos a zaga de Ecoporanga para na jogada, Rafinha aproveita e toca na saída do goleiro de Ecoporanga.

O segundo gol não demora a sair, a zaga do Ecoporanga corta mal a bola e sobra para Rafinha tocar por cima do goleiro, fazendo o segundo gol do Montanha.

Na segunda etapa, o Ecoporanga precisando se impor dentro de casa veio para cima, e logo no início o juiz marca pênalti para Ecoporanga, Stanley toma a responsabilidade da cobrança, bate no meio do gol, e o goleiro do Montanha defende a cobrança.

Não demorou e Stanley se redimiu do pênalti perdido, recebeu a bola e tocou na saída do goleiro, fazendo o primeiro gol de Ecoporanga, com o placar adverso de 2 a 1, Ecoporanga foi para cima tentar o empate, criou algumas jogadas mas errava sempre no último passe, o Montanha que pouco chegou no gol de Ecoporanga aproveitou mais um erro da zaga, em uma cobrança rápida de lateral matou o jogo, Arlan recebe a bola, dribla dois zagueiros e o goleiro e toca para gol, fazendo 3 a 1, e definindo o jogo.

Com a vitória, o Montanha joga em casa podendo perder por dois gols, para Ecoporanga resta vencer por três ou mais de diferença para passar para a próxima fase, a única possibilidade de ir para os pênaltis a partida é Ecoporanga vencer pelo mesmo placar de 3 a 1.

O jogador Mário César de Ecoporanga foi expulso aos 35 do segundo tempo, Rafinha do Montanha que já tinha sido substituído, também foi expulso por invadir o campo na comemoração do gol de Arlan, ambos não poderão jogar a segunda partida.

 

Com dois gols marcados, Rafinha foi o grande nome desta primeira partida, mas não irá para campo na partida de volta em Montanha.

Rafinha eleito o craque da partida

O técnico do Montanha Chales Almeida avaliou positiva a partida de sua equipe.

“Vinhemos com o intuito de jogar mais fechado, tentar sair nos contra-ataques, graças a Deus tivemos sorte em algumas jogadas, nosso ataque foi bem, Rafinha e toda equipe jogou bem, a nossa zaga suportou bem, tivemos um descuido que tomamos um gol, mas agora é jogar da mesma forma em Montanha e tentar sair com essa classificação, mas sei que o jogo em casa será muito difícil” disse Charles Almeida

Fotos e matéria: Junior Sapo´s

COMPARTILHAR